Governador Celso Ramos

Cidade Gov. Celso Ramos

Gov. Celso Ramos é margeada por belas praias, baías e penínsulas, reservas ecológicas… Governador Celso Ramos foi privilegiada no quesito natureza.  Destaque para as praias, de onde é possível avistar baleias e golfinhos. Também não dá para esquecer as duas reservas naturais do município – Arvoredo e Anhatomirim.

A colonização de Governador Celso Ramos começou há mais de 200 anos, com a vinda de portugueses atraídos pela pesca da baleia. Especializada em extração de moluscos, a cidade é considerada uma das maiores produtoras de marisco de cultivo de Santa Catarina e um importante centro pesqueiro. Os mesmos açorianos que fundaram a vizinha São Miguel iniciaram o povoamento de Governador Celso Ramos, que pertenceu a Biguaçu até 1963.

As igrejas sempre foram ponto de encontro da comunidade que, além do culto, discutia formas de se defender dos índios. Como Armação da Piedade não oferecia condições para o desenvolvimento do lugar, seus fundadores se transferiram para a localidade de Ganchos, onde hoje está a sede do município.

Governador Celso Ramos tem muitas e belas praias. Visite a Praia de Palmas, a maior praia do município e uma das mais bonitas da região – no canto sul encontram-se vestígios da Casa Grande e de engenhos de cana-de-açúcar, cercados de lendas e crendices; a Praia da Armação, antigo local de pesca da baleia e onde está a Igreja de Nossa Senhora da Armação da Piedade – construída há mais de 200 anos pelos primeiros habitantes do lugar; a Praia Grande, boa para o surf, e a Praia da Costeira, preferida pelos golfinhos e antigo reduto de pesca da baleia. Também vale conferir as praias do Sinal, da Caieira, do Antenor, da Camboa, da Figueira, de Antônio Correa, de Ilhéus, de Fora, o Canto dos Ganchos, os Ganchos de Fora e a Praia da Cruz.